Conceito Paga Paga ( PP )

Conceito Paga Paga ( PP )

Vídeo 00 - Conceito Paga Paga (PP)

 

Vídeo 01 - Exemplo prático do cálculo por margem de contribuição necessária

 

 

 Vídeo 02 - Exemplo prático do cálculo por custo hora padrão

 

 

 Vídeo 03 - Resultados do cálculo Paga Paga no DRE

 

 

 Vídeo 04 - Relatório de margem de lucro por produto

 

 

Funcionalidade do Método P P (Paga Paga)


     - As preocupações como a rentabilidade de clientes, o valor gerado por projeto, atividade ou canal de distribuição, o custo preço de venda, fazer preço fábrica, fazer preço de venda, são fundamentais para os gestores dos nossos dias, devendo a Contabilidade de Gestão adaptar-se a esta nova realidade, com o objetivo de tornar-se um verdadeiro instrumento de apoio à decisão do fazer preço na hora da venda com rentabilidade.
" - Analisando os dois métodos de custeio abaixo ( figura A ) em separado, descobrimos que o custo hora cobrado na estrutura de produtos fabricados é uma estrutura ideal para se desenvolver o custo preço de venda, com , mas que, sozinho fica deficitário quanto ao valor real de lucro e da rentabilidade que a empresa arrecada. Se a margem de contribuição não é conhecida, a empresa poderá ter um grande volume de vendas e mesmo assim acumular prejuízos por acontecer que o custo preço de venda esteja deficitária. Então é preciso construir pelo custo hora e conhecer a margem de contribuição do produto comparado com a margem de contribuição necessária geral da empresa. ( Método P P )
"
- Na realidade quando desenvolvemos esse modelo, ele apresenta , SÊ o tempo hora e seu custo está sendo arrecadado na estrutura de custo preço. O percentual de lucro que colocamos junto com o mark-up , na realidade não é o lucro arrecadado e sim um valor que se acrescenta na margem de contribuição (custo fixo), e quando se retira da margem de contribuição necessária, ai sim teremos o lucro saudável, ou seja a diferença positiva entre a margem de contribuição arrecadada , retirando dela, a margem de contribuição necessária.
- Pelo que acabamos de descrever, fica notório que para sabermos o quanto de lucro arrecadamos na estrutura do custo hora , necessitamos da análise da margem de contribuição do produto comparado com a margem de contribuição necessária da empresa no custo preço de venda.
- Analisando agora o custeio pela margem de contribuição necessária, descobrimos o quanto estamos realmente arrecadando de lucro e de rentabilidade para a empresa, mas que SÊ aplicado somente este método de custeio , não conseguimos saber se está sendo pago o tempo, o custo preço e seu custo hora na estrutura  da auditagem pela margem de contribuição. Por esta razão , na hora de calcular o preço de venda de cada produto, necessitamos calcular o preço pelos dois métodos juntos, ou seja ao mesmo tempo. Um completa o outro.
- Observe que para construir os dois modelos ao mesmo tempo, vamos necessitar aplicar um pouco dos outros métodos de custeio, e que no momento oportuno estaremos apresentando. Veja com detalhes no vídeo acima.

Veja a figura abaixo Figura A

Conceito-PagaPaga
OBSERVE AS SEGUINTES SITUAÇÕES 1 e 2 e 3 ABAIXO:

- 1) Utilizando apenas o método pela margem de contribuição
Vamos ter condições de apurar se a margem está realmente sendo ( P ) PAGO ou ( N ) NÃO PAGO.
- 2) Utilizando apenas o método pelo custo hora
Vamos ter condições de apurar se o custo hora está realmente sendo ( P ) PAGO ou ( N ) NÃO PAGO.
- 3) Analisando os dois ao mesmo tempo ( margem de contribuição + custo hora)
Vamos ter condições de apurar o que se apresenta na figura A acima:
P P = Paga a margem de contribuição e também paga (cobre) o custo hora no custo preço.
N N = Não paga a margem de contribuição e também não paga o custo hora no custo preço.
P N = Paga a margem de contribuição , MAS não paga o custo hora no custo preço
N P = Não paga a margem de contribuição, MAS paga o custo hora no custo preço

Os três últimos , você pode notar, criou um MIX ( PAGA PARCIALMENTE)
O PRIMEIRO P P , paga tanto a margem de contribuição como o custo hora.

- Quando vendemos nossos produtos pelo Paga Paga, estaremos cobrindo todo o custo preço de venda e estaremos gerando mais um valor, que é o lucro de forma saudável para a empresa em uma base de rentabilidade positiva para o fluxo de caixa da empresa.
- Quando vendemos nossos produtos pelo MIX, vamos ter problemas na arrecadação, uma vez que não paga todos os custo preço de venda e obviamente não arrecadando o suficiente, vai ter que somar com o lucro dos produtos que estão pagando, e produzirá uma quebra na nossa arrecadação da rentabilidade da empresa.

PRÁTICA DA MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO

- Na prática o resultado gerado pelas indústrias e prestadores de serviço é consequência do resultado individual de cada produto fabricado , isto é, cada produto vendido com formação preço de venda sólido e ou cada serviço prestado contribuindo com uma parcela para a formação do resultado total da empresa. Por isso, cada produto merece atenção e um gerenciamento individualizado no custo preço, ainda que seja necessário estudar as relações entre os itens que fazem parte do mix de produtos destinados para venda na empresa.

Na prática, veja como vamos calcular a margem de contribuição:

Demonstração de Resultados (DRE)

Receita Bruta de Vendas
(-) Custo de Vendas (impostos, comissão, frete, financeiro....)
(-) Custo dos produtos vendidos ( MP, Embalagem, Terceiros externo....)

= MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO ARRECADADO

(-) Custos e despesas fixas ( Folha, energia, depreciação ,seguro, correio....)

= RESULTADO OPERACIONAL BRUTO DA FÁBRICA
(-) Compromissos do Resultado ( Investimento, Empréstimo, Parcelamento....)

= RESULTADO GERAL DO PERÍODO

- Agora já é possível você perceber, pelo que foi visto até aqui, a importância do conceito de Margem de Contribuição no custo preço de venda para o gerenciamento de qualquer negócio. Veremos, nesta aula, um modelo de decisão, utilizando a margem de contribuição para vários produtos diferentes sendo produzidos e vendidos por uma mesma empresa.

 Veja os 05 vídeos acima e entenda melhor o conceito Paga Paga para implantar em sua empresa.

 Modelo Paga Paga e Lucro Real